Nucleo_Parkinson

Centro de Parkinson e Distúrbios do Movimento

Conheça o serviço:

O Centro de Parkinson e Distúrbios do Movimento do Hospital Samaritano Higienópolis conta com neurologistas especializados no diagnóstico e tratamento de diversas patologias como Doença de Parkinson, Distonia, Tremor Essencial e outros tremores, Ataxia, Coreia, Mioclonia e Tiques - tudo para oferecer aos pacientes mais qualidade de vida, aliviando seus sintomas.

Com alta tecnologia e profissionais renomados, promovemos a avaliação e o planejamento adequado de diferentes terapias - sempre buscando controlar a doença em questão e diminuir os efeitos colaterais do tratamento.

Entenda a Doença de Parkinson:

Segundo a Organização Mundial da Saúde, a Doença de Parkinson é a segunda condição neurodegenerativa mais comum na população mundial, afetando cerca de 2% das pessoas acima dos 60 anos. Ela é causada pela degeneração e morte celular dos neurônios produtores do neurotransmissor dopamina no cérebro, comprometendo a transmissão da informação desse órgão para os membros superiores e inferiores, o que resulta na dificuldade em realizar determinados movimentos.

Geralmente, ela apresenta três sintomas principais: tremor de repouso, lentidão dos movimentos e rigidez muscular. Entretanto, esses sinais de alerta podem ou não estar associados também à redução do volume da voz e do olfato, bem como quedas constantes e dificuldade para caminhar e escrever, ocasionando prejuízos nas habilidades profissionais e nas funções psíquicas e cognitivas do paciente.

Os sintomas motores e não-motores são diagnosticados e tratados de acordo com as recomendações de diretrizes internacionalmente bem estabelecidas, sendo que o tratamento pode ser realizado com medicamentos, cirurgias e/ou aplicação de toxina botulínica. Nosso Centro de Parkinson e Distúrbios do Movimento oferece todas as terapias para cada caso.

Nossa equipe Multidiciplinar de especialistas:

{{doctorsLength}} profissional(is) encontrado(s)
{{doctorsLength}} profissional(is) encontrado(s)
Aguarde, carregando...

Como funciona a Estimulação Cerebral Profunda

A estimulação cerebral profunda - em inglês, “deep brain stimulation” (DBS) - tem sido estabelecida como um tratamento neurológico cirúrgico mais seguro e eficaz para um grupo selecionado de pacientes com doença de Parkinson, distonias, alguns tipos de tremor (como o tremor essencial), tiques e síndrome de Gilles de la Tourette.

Ela costuma ser indicada quando os sintomas persistem mesmo com o uso de medicações em doses adequadas, comprometendo a qualidade de vida do paciente. A técnica consiste na inserção de dois pequenos eletrodos na região cerebral afetada, de forma que a conexão de um determinado grupo de neurônios possa ser restabelecida e os sintomas sejam aliviados. Os pulsos elétricos são fornecidos através de um aparelho semelhante a um marca-passo cardíaco, que fornece a estimulação a regiões precisamente localizadas no cérebro.

Agendamento

O agendamento de procedimentos na unidade pode ser feita pelo telefone (11) 3821-5300 ou na nossa Central de Marcação Online. Estamos preparados para te receber com segurança!

CENTRAL DE CONTEÚDO GRUPO AMERICAS

Informação é mais saúde